Artigo de professor da FCAP/UPE e de duas orientandas do mestrado em Gestão do Desenvolvimento Local Sustentável integra livro de universidade mexicana sobre ações inovadoras em educação

 

Um livro publicado por universidade mexicana destacando novas linhas de investigação na área de educação na América Latina tem um capítulo de autoria do professor da Faculdade de Administração e Direito da Universidade de Pernambuco, José Luiz Alves, e duas orientandas suas do mestrado em Gestão do Desenvolvimento Local Sustentável da FCAP/UPE, Magali Ferreira de Menezes e Cilene Magda Vasconcelos de Souza. 

A pesquisa “A interdisciplinaridade como prática pedagógica: a percepção do discente do curso de Direito” integra, traduzido para o espanhol, o livro Letras críticas en el ámbito educativo, editado pela Universidad del Centro del Bajío, do estado mexicano de Guanajuato. 

Surgida a partir da segunda metade do século 20, a interdisciplinaridade é uma prática pedagógica que vem ganhando cada vez mais espaço no ensino superior, principalmente neste período de alterações na maneira de dar aulas provocadas pela pandemia de Covid-19. 

Com 106 páginas, a obra compila os resultados de diversos estudos no campo da educação realizados no México, Brasil, Colômbia e Venezuela. O objetivo, segundo a universidade mexicana, é “enriquecer a prática  educacional e promover novas linhas de investigação a partir das descobertas apresentadas”.

Os sete artigos abordam temas como inclusão educativa para estudantes cegos e de baixa visão, estilos de aprendizagem em estudantes tecnológicos, cursos de verão de ciências, microeconomia, educação virtual e formação ética profissional em universidades públicas.

No caso do capítulo escrito pelo professor da FCAP/UPE e suas duas orientandas, ambas professoras da Faculdade de Ciências e Tecnologia Professor Dirson Maciel de Barros (Fadimab), do município de Goiana, foi apresentado o resultado de uma pesquisa que buscou compreender a percepção de alunos do primeiro período do curso de Direito em relação à interdisciplinaridade.

Ao todo, 29 estudantes responderam a um questionário sobre a experiência obtida com a interação entre as disciplinas de Fundamentos da Economia e Metodologia do Trabalho Científico, ambas ministradas pelas duas autoras do artigo. 

Em pleno cenário atípico de um ano de pandemia de Covid-19, os alunos estudaram, no semestre 2020.1, os mesmos textos e desenvolveram uma investigação sobre um mesmo tema nas duas disciplinas. O grupo considerou a experiência como muito positiva. 

O estudo reforça a ideia de que integrar os conhecimentos adquiridos ajuda a desenvolver competências para a vida profissional que inclui o trabalho em equipe de forma colaborativa e cooperativa. 

“Assim, como proposta de estudos futuros, registra-se a necessidade de uma análise comparativa entre os alunos dos diferentes cursos, que seja proposta a interdisciplinaridade com a participação de todas as disciplinas do período, para que a experiência seja vivenciada por todos os professores e alunos da instituição”, afirmam os três autores na conclusão.

LIVRO NA VERSÃO EM PDF (EM ESPANHOL)

 

 

Assessoria de Relações Internacionais da UPE lança edital para interessados em obter declaração de proficiência em inglês e/ou espanhol

A Assessoria de Relações Internacionais da Universidade de Pernambuco lançou, nesta segunda-feira (02/08), edital para a convocação dos interessados em obter uma declaração de proficiência em língua inglesa e/ou língua espanhola emitida pela UPE.

O documento será concedido para quem participar da prova online que será realizada no dia 26 de setembro e acertar, no mínimo, 70% das questões. O edital está disponível neste link: http://www.upe.br/anexos/relacoes_internacionais/edital_ari_upe_01_2021/Edital_2021_2_ARI.pdf.

A declaração de proficiência é necessária para concluintes de cursos de graduação ou formados que pretendem realizar seleção em programas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado).

O valor da inscrição para realização de cada prova (inglês e espanhol) é R$ 100. Concluintes de graduação e pós-graduação da UPE com matrícula ativa terão desconto de 20%. Estudantes de baixa renda pagarão apenas a metade da taxa.

Para solicitação do benefício, o(a) candidato(a) deverá preencher, entre os dias 2 e 13 de agosto, o formulário no link https://forms.gle/n8Hw6HSF9FGS7tRJ6, enviando a documentação comprobatória.

O exame visa avaliar a capacidade de compreensão e leitura em língua estrangeira do candidato, com vistas ao cumprimento adequado das atividades de aprendizagem e pesquisa no âmbito dos cursos de mestrado e/ou doutorado, conforme regulamentação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

As provas ocorrerão no dia 26/09 nos seguintes horários: Inglês - 10h e Espanhol - 14h. O tempo de duração de cada exame é de duas horas. O link da sala será enviado em até uma semana de antecedência para o e-mail dos inscritos.

A execução da prova será monitorada por aplicativo. Todas as atividades durante a prova serão enviadas para a coordenação do exame.

É de responsabilidade do(a) candidato(a) verificar se o programa de pós-graduação selecionado aceitará o documento.

FENSG completa 76 anos de fundação

A Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças (FENSG) tornou-se parte da Universidade de Pernambuco em 1991, ano em que a UPE foi criada.
A instituição surgiu inicialmente como Escola de Enfermeiras Medalha Milagrosa em 1945, funcionando nas dependências do Hospital Pedro II, no bairro dos Coelhos, no Recife.
Tornou-se Escola de Enfermeiras Nossa Senhora das Graças em 1949.
Em 1967 foi incorporada à Fundação de Ensino Superior de Pernambuco (FESP).
Em 1981, a já faculdade foi transferida para dependências do Hospital Oswaldo Cruz até 30 de abril de 1986, data de inauguração da sede própria no Campus de Santo Amaro.

Campus Arcoverde comemora dez anos de funcionamento

Dentro da sua estratégia contínua de interiorização, a Universidade de Pernambuco (UPE) implementou na cidade de Arcoverde um núcleo avançado de ensino com a oferta, a partir de agosto de 2011, dos cursos de bacharelado em Direito e Odontologia.
No início, os cursos funcionavam nas instalações da Escola Estadual Senador Vitorino Freire, localizada na Rua Gumercindo Cavalcante, nº 420, no bairro de São Cristóvão. Eram cinco salas cedidas para os primeiros docentes e discentes da UPE no município sertanejo.
A sede definitiva, consolidando oficialmente o Campus Arcoverde da UPE, foi inaugurada em outubro de 2017. A antiga escola estadual deu lugar a uma estrutura moderna para abrigar os mais de 300 alunos e professores da universidade.
O Campus Arcoverde tem 5.507,60 m² de área construída e conta com 20 salas de aula, laboratórios de informática e odontologia, 12 consultórios, sala de radiologia, sala de videoconferência e biblioteca. O investimento do governo do estado e do Ministério da Educação foi de R$ 6 milhões.

UPE divulga 4º remanejamento do SSA3 e lista do Sisu

A Universidade de Pernambuco (UPE) divulgou a listagem do quarto remanejamento do Sistema Seriado de Avaliação – 3a fase (SSA3) do Processo de Ingresso 2021 da instituição. Foi publicada, ainda, a quarta lista de convocados, a partir da lista de espera, do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Os feras podem consultar o Manual do Candidato com as informações sobre documentação e matrícula. Os candidatos que não efetivarem suas matrículas no dia determinado serão eliminados automaticamente.

Leia mais...