Ministro da Saúde reconhece Procape como referência em atendimento e formação de especialistas

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, visitou na tarde desta terça-feira (18) a sede do Pronto-socorro Cardiológico Universitário de Pernambuco (Procape). Foi a última etapa da sua agenda oficial no estado.

Para Queiroga, que é cardiologista, com área de atuação em hemodinâmica e cardiologia intervencionista, o Procape tem um papel importante não só no serviço que presta aos seus pacientes, mas como centro de formação de profissionais especializados.

"O mais difícil nós temos, que são vocês, profissionais de saúde", disse o ministro, destacando o papel de todos os servidores da área que estão na linha de frente do combate à epidemia de covid-19.

Vinculado ao Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco (UPE), o Procape é referência em atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), sendo o maior hospital de cardiologia do Norte-Nordeste e o segundo do Brasil.

A visita do ministro se deve ao fato do Procape integrar, como única unidade especializada do Nordeste, o programa Linhas de Cuidados do Paciente IAM, do Ministério da Saúde, lançado no final do ano passado e voltado exclusivamente para o tratamento do infarto agudo do miocárdio.

O diretor do Procape, Ricardo Lima, fez uma apresentação das ações da instituição. A comitiva do ministro visitou áreas de Tomografia, Hemodinâmica, Cintilografia e Pediatria da unidade de saúde.

Em expansão, o Procape está ainda renovando o seu parque tecnológico e construindo mais sete pavimentos, sendo três deles para criação de 50 leitos de UTI e 176 para enfermarias, totalizando 226 novas acomodações, que representa um aumento de 89% no número total de leitos. 

O ministro foi recebido pela vice-reitora da UPE, Socorro Cavalcanti, pelo secretário estadual de Saúde, André Longo, pelo superintendente do Complexo Hospitalar da UPE, Gustavo Trindade, pelo diretor do Procape Ricardo Lima e pela secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque.

Queiroga pediu colaboração de todos em função de cortes que o Ministério da Saúde fez na tabela de procedimentos, mas disse apoiaria o Procape pela sua relevância nacional, solicitando um relatório minucioso.

#upenasredes #secti.pernambuco #procape

Ministro da Saúde vai conhecer as ações do Procape, integrante do Complexo Hospitalar da UPE

Maior hospital de cardiologia das regiões Norte-Nordeste e o segundo do Brasil, o Pronto-socorro Cardiológico Universitário de Pernambuco (Procape) será visitado, na tarde desta terça-feira (18), pelo ministro da Saúde Marcelo Queiroga.

Cardiologista de formação, o ministro vai conhecer as áreas de Tomografia, Hemodinâmica, Cintilografia e Pediatria da unidade de saúde que é vinculada à Universidade de Pernambuco e 100% integrada ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Na agenda do ministro em Pernambuco estão agendadas antes a visita à Hemobrás, em Goiana, e à Fundação Altino Ventura, no Recife, onde receberá o Prêmio Visão Social 2021 da entidade.

A chegada de Marcelo Queiroga ao Procape está prevista para as 16h. Ele será recebido pela vice-reitora Socorro Cavalcanti, pelo superintendente do Complexo Hospitalar da UPE, Gustavo Trindade, e pelo diretor-geral do Procape, Ricardo Lima.

O Procape é a única unidade especializada do Nordeste a integrar o programa Linhas de Cuidados do Paciente IAM, do Ministério da Saúde, lançado no final do ano passado e voltado exclusivamente para o tratamento do infarto agudo do miocárdio.

Para o diretor-geral do Procape, Ricardo Lima, a vinda do ministro é um sinal de reconhecimento do trabalho que vem sendo realizado. Ele espera apresentar projetos que podem contar com o apoio do Ministério da Saúde.

A emergência do Procape chega a atender até a 120 pacientes por dia. Eles são tratados dentro dos protocolos atuais estabelecidos pelo Ministério da Saúde e Sociedades Médicas Brasileiras e Internacionais.

Por mês, a unidade realizados cerca de 500 cateterismos. Com as angioplastias feitas, muitas vidas são salvas.

Desde novembro de 2020, o Procape é o primeiro hospital público do estado credenciado a realizar transplante de coração em Pernambuco.

Fundado no dia 29 de junho de 2006, o Procape foi incorporado em 2012 ao Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco (UPE).

Divulgada primeira lista de remanejamento das Escolas de Aplicação da UPE

A Comissão Permanente de Concursos Acadêmicos da Universidade de Pernambuco (UPE) divulgou o primeiro remanejamento do Processo Seletivo 2022 das Escolas de Aplicação do Recife, Nazaré da Mata, Garanhuns e Petrolina.

As listas contemplam alunos do 6º ano do ensino fundamental e 1º ano do ensino médio.

Informações sobre matrículas podem ser obtidas diretamente nas Escolas ou pelos telefones: (81) 3183-3660/3791 e, ainda, no endereço eletrônico: https://processodeingresso.upe.pe.gov.br

REMANEJAMENTO ENSINO FUNDAMENTAL

REMANEJAMENTO ENSINO MÉDIO

CPCA divulga documento com programa de alterações para o Sistema Seriado de Avaliação da UPE

Está disponível, na página do Processo de Ingresso (https://processodeingresso.upe.pe.gov.br), o documento que apresenta o novo programa do Sistema Seriado de Avaliação da Universidade de Pernambuco (SSA) para o triênio 2022-2024. 

Trata-se da adequação às mudanças da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a partir do Currículo de Pernambuco, que entram em vigor neste ano.

Em 2022, as alterações vão se dar somente no conteúdo didático do SSA 1, para os alunos que estarão cursando o 1º ano do ensino médio. Em 2023, será a vez do SSA 2, concluindo as modificações em 2024, com o SSA 3.

O sistema de provas será mantido, assim como o número de questões em cada um dois dias: 45 (90, no total). A mudança se refere aos conteúdos que deverão ser estudados, divididos em novas áreas de conhecimento.

O documento produzido pela Comissão Permanente de Concursos Acadêmicos da UPE traz a descrição detalhada destes conteúdos.

O detalhamento da avaliação e das provas sairá no Manual do Candidato, quando as inscrições deste ano iniciarem.

Outras informações através dos telefones (81) 3183-3660 e 3183-3791, no e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou ainda em https://processodeingresso.upe.pe.gov.br.

SSA - NOVA FORMATAÇÃO

Reitores das universidades integrantes do Consórcio Pernambuco Universitas discutem volta às aulas e segurança sanitária

O Consórcio Pernambuco Universitas realizou uma reunião virtual nesta sexta-feira (14) para analisar medidas preventivas conjuntas das instituições de ensino superior do estado relacionadas ao coronavírus (covid-19).

O principal tema foi a segurança sanitária de professores, alunos e servidores no retorno às aulas programado para as próximas semanas. Ficou acordado que as instituições irão avaliar o cenário epidemiológico constantemente.

Os reitores da Universidade de Pernambuco (UPE), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) avaliaram os dados de recrudescimento da pandemia no estado.

Além do reitor prof. Pedro Falcão, que é o atual presidente do Consórcio Pernambuco Universitas, a vice-reitora profa. Socorro Cavalcanti e o pró-reitor de Graduação (PROGRAD), prof. Ernani Martins, participaram do encontro virtual representando a UPE.

De acordo com o pró-reitor Ernani Martins, as aulas na UPE recomeçam no dia 21 de fevereiro para o semestre relativo a 2021.2, que vai até 11 de junho. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) e o Conselho Universitário (CONSUN) da universidade decidiram manter o formato híbrido, com no mínimo 60% de presencialidade.

Criado em novembro de 2014, o consórcio Pernambuco Universitas tem por meta promover a cooperação técnica, científica, educacional e cultural entre as universidades participantes. Busca também unir as competências destas instituições e de seus pesquisadores para realização de programas e projetos conjuntos.

Apesar de não terem participado da reunião, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (Ufape) integram o Consórcio Universitas e apoiam as decisões da instituição.