Equipe do Huoc/UPE promoveu festa de debutante para paciente com doença rara

Uma equipe multiprofissional do Hospital Universitário Oswaldo Cruz da Universidade de Pernambuco (Huoc/UPE) organizou uma festa de debutante para uma paciente muito especial. Sensibilizados com a história de Maria Karoline Brito de Moraes, portadora de uma doença rara, o grupo decidiu investir na humanização da saúde e tornar real o sonho de toda adolescente: comemorar a chegada dos 15 anos. O aniversário foi realizado na última segunda-feira (01/02) no pavilhão do hospital onde está internada há 10 meses.

 

Para marcar a data, a equipe, formada pormédicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, nutricionistas e fisioterapeutas, providenciou tudo o que uma festa de 15 anos deve ter: decoração, música, doces, salgados e um bolo com direito a quinze fitas, como manda a tradição.

Maria Karoline, ou Karol como carinhosamente é conhecida, nasceu em Macapá (AP) e veio ao Recife com a mãe para tratar de um problema no fígado. Ela é portadora de uma doença conhecida como Esclerose Hepatoportal, que pode ser causada por uma malformação congênita ou adquirida por uma lesão inflamatória ou fibrótica do vaso do fígado. A consequência é o surgimento de um coágulo que impede a circulação sanguínea. Em função disso, o pulmão também foi afetado, já que o processo de oxigenação não ocorre de forma satisfatória. Isso faz o paciente ser totalmente dependente de fonte extra de oxigênio para sobreviver. Agora, Karol aguarda por um transplante que pode envolver outros órgãos além do fígado.